segunda-feira, 26 de maio de 2008

Soneto com 57 Substantivos

(Hoje, em republicação, um muito antigo Soneto de meu Pai, à altura com 27 anos.)



LAGE, SEIXO, CALHAU, BRITA, CASCALHO,
PENEDO, ROCHA, PEDRA, PEDREGULHO,
ESTERCO, CINZA, LIXO, LAMA, ENTULHO,
OSSADA, FERRO-VELHO, REBOTALHO.

BARROTE, TÁBUA, TORO, LENHA, GALHO,
CAVACOS, SERRADURA, PÓ, GORGULHO,
DISCÓRDIA, DESCONCERTO, SERRABULHO,
DESORDEM, GUERRA, LUTA, MOTIM, RALHO.

REMORSO, INQUIETAÇÃO, ANSIEDADE,
CRETINOS, INTRUJÕES, INCOMPETENTES,
DESTRÔÇO, MORTE, NADA, ETERNIDADE...

EIS COSMOS, ESTRÊLAS, MUNDOS, CONTINENTES,
PLANÍCIE, SERRA, MAR, CAMPO, CIDADE,
SISTEMAS, GERAÇÕES, COSTUMES, GENTES!




Rui Nascimento

Setúbal, Junho de 1942






Assim Falava Zaratustra - Richard Strauss

11 comentários:

gasolina disse...

Jardineira, Jardineira.

Obrigado por tudo o que és.

Passa pela Árvore: está lá um gesto que marca a tua diferença em mim.

Voltarei depois para te ler como mereces.

Um beijo, Senhora deste Jardim

Sophiamar disse...

Querida Amiga

Fazer um soneto tão bonito exclusivamente com sustantivos é obra de artista. Tens um pai genial.
Nós sabíamo-lo e reiteramo-lo sempre que aqui nos deixas obra sua.
Continua, amiga, a proporcionar-nos estes momentos.

Beijinhos

p.s. Acho que pai e filha são parecidos. Não te têm dito?

mundo azul disse...

Muito bom!!! Gosto de compor sonetos, mas, nunca tive essa idéia inovadora do seu pai... Gostei muito!
Beijos e muita luz...

Jorge P.G disse...

FANTÁSTICA QUALIDADE DE ESCRITA E ACTUALIDADE!

EM TOM DE BRINCADEIRA SÉRIA, RETIRO DO POEMA ESTE VERSO PREMONITÓRIO:
CAVACOS, SERRADURA, PÓ, GORGULHO...

POIS É, FILHA DE PEIXE...

UM ABRAÇÃO.
Jorge P.G.

pin gente disse...

57 com 27?
imagina se fosse hoje!

beijoca

pin gente disse...

fez-me lembrar elis regina

pau, pedra...

pin gente disse...

e isto é porque não sei a letra
senão aqui ta deixava escarrapachada (que palavra tão feia).


"um abraçinho, bem apertado
matar desejos não é pecado!"

ps - deixa-me ir embora senão monopolizo a caixa de comentários

pin gente disse...

não te enganes e recuses os meus comentários... não são repetidos hem!

pin gente disse...

ai saudade!

pin gente disse...

eu ainda aqui ando?
epá julgava que já estava noutro blog!

Jorge P.G disse...

UM ABRAÇO, ASPÁSIA!

Jorge P.G.