segunda-feira, 15 de maio de 2006

Semáforo






Paramos nós, do “lado de cá”.
Paramos nós, senhores da rua
e dos sinais exteriores de riqueza.

Avanças tu, a ver o que dá.
Avanças tu, face oculta da Lua.
Sinais exteriores: cansaço e magreza.






Esperamos nós, impacientes.
Esperamos nós, abrigados e quentes
em úteros de ferro com ar condicionado.

Saltitas tu, olhos inocentes.
Saltitas tu, pés semi-dormentes,
na mão já cinzenta, um papel rasgado:
“Tenho três irmãos e os pais doentes.”






Pensamos nós: “Tenhamos cuidado;
isto é treta certa, é tudo encenado.
O puto tem ar de quem foi treinado.”

Recuas tu, revolta entre-dentes,
e um travo amargo a gases poluentes:
“Isto hoje ´tá fogo! ´tou é bem lixado!






“Bolas, finalmente! Era tempo, já… ala, sem demora,
que estou atrasado mais de meia-hora!
Se perco o cliente, vou ouvir das boas…
Rai´s parta os vermelhos!
Não despacham nada, andamos à nora…
Que perda de tempo! Que atraso de vida!...






“Bolas, verde já? Isto assim não dá… o melhor, agora,
é desistir mesmo, ir andando embora…
Nem dez euros fiz! Vou ouvir das boas…
Rai´s parta estes verdes!
´tou fartinho deles, deviam d´ir fora,
sempre era mais tempo… que droga de vida!”

L.N.96



10 comentários:

Lucrécio disse...

Ias-me atropelando!

Aspásia disse...

Oh Frei Lucrécio! Isso foi porque o Frei é muito distraído e atravessou com o peão vermelho!!!;)))

Pamina disse...

Olá Aspásia,

Gostei imenso de continuar a descobrir esta tua faceta interventiva.
Assim mal comparado, lembrei-me da canção as "Casitas del barrio alto" (nós/eles). A propósito, o Viktor chama-se assim em homenagem ao Victor Jara, assassinado depois do golpe militar de Pinochet, pois nasceu num dia 11 de Setembro. Durante o parto, a médica começou a falar dum filme que tinha visto "Chove em Santiago" e acabámos, eu, ela e a enfermeira a falar do Chile. Depois disto, o nome pareceu-me lógico.
Bom início de semana. Um beijinho.

Aspásia disse...

Olá Pamina

Ah, então agora percebo... a costela musical do Viktor, com um padrinho como o Victor Jara!!! De qualquer modo Viktor é um bom nome para ajudar à "vitória" na Vida! Não conheço a canção mas já fui ver a letra, é muito irónica, de grande crítica social ou não fosse do Jara...

Bom início de semana e beijinhos para ti e o filhote:))

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
mtc disse...

Olá Aspásia
...essa do
"Não despacham nada, andamos à nora…"


Fez-me lembrar qualquer coisa ;)
Um bom fim de semana
Beijinhos

APC disse...

Ora, tava eu a ler os comentários da página do Professor Júlio Machado Vez, quando dei pelo seu blog e, curiosa, entrei. Qual não foi o meu espanto quando dei de caras com o seu último post: "Semáforo", ou seja, exactamente o mesmo título do texto que dei por mim a escrever ao chegar a casa, há não mais de uma hora (e que conservo no rascunhos para postar amanhã, porque gosto de distribuir as produções pelo tempo :-)
Bem melhor do que a coincidência (e não é? Digamos que não é todos os dias que se ecreve sobre isso) é, de facto, o seu poema... Parabéns!

PS - Pensei em transcrever o meu texto aqui para os comentários, mas depois achei que era excessivo.