sábado, 11 de abril de 2009

Boa Páscoa!

Desejando Boa Páscoa a todos, aqui deixo duas obras de dois ateus: eu e meu Pai, dedicadas à Paixão de Jesus, que ambos admiramos como Homem. Um desenho dos meus 13 anos, feito no Liceu, e um soneto de meu Pai, hoje com 94 anos, e que com ele concorreu aos Jogos Florais da Primavera realizados em Setúbal, em 18 de Abril de 1941, organizados pela Associação dos Antigos alunos da Escola Industrial e Comercial “João Vaz”, tendo obtido um 1º Prémio. Apesar de ser ateu, ele lá versejou de modo a fazer inveja a muito crente!!! O que deu azo a que um Padre surpreso, à altura, lhe perguntasse como era possível um ateu fazer tal soneto, a que meu Pai respondeu que o Poeta é um fingidor...

Vitral
Leonor Nascimento, 1970

(clique para aumentar)

Redenção

A Treva cai na Terra e vem impôr
pesado luto à turba que emudece.
No Gólgota, escalvado, a Cruz parece
a trágica visão da própria dor.

Crucificado, exangue, o Redentor,
de espinhos coroado, a Vida oferece,
em Santo Sacrifício, que trouxesse
a salvação ao Mundo pecador.

Debalde, ó lei humana, condenaste
Aquele que pregou a Lei dos Céus
e com ferro assassino O trespassaste!

Jesus rasgou da Morte os negros véus
e vencendo a mentira que afirmaste,
deu a Verdade ao Mundo: a Fé em Deus!

Rui Nascimento, 1941


3 comentários:

Isamar disse...

Lindíssimo! Parabéns, Senhor Rui Nascimento! A sua obra devia ser publicada.
Força, Nôzita, vê se consegues passar para um livro aquilo que o pai Rui escreveu.É um legado importante.
Uma boa Páscoa para ambos! Não esqueças as amêndoas, os folares, os ovos de chocolate...

Mil beijinhos

Bem-hajam!

Jorge P.G disse...

Bom Domingo de Festa!

Abusar da alegria, não da alimentação!

Um abraço, extensivo ao senhor seu pai.

elvira carvalho disse...

Um soneto mt belo. Dos mais bonitos que já li sobre o tema.
Um abraço