quinta-feira, 17 de abril de 2008

Fui Buscar a Velha
Máquina de Escrever...

(Um dos primeiros Posts do meu blog musical A Flauta de Pã, em 2006... se a Máquina então já estava velha, agora está dinossáurica! )


O CopyWrite

Entramos hoje num registo musical bem-humorado. Assim, e com a ajuda dos meus dois gatinhos virtuais, o CopyWrite e o PianoCat (nas fotos), que queriam tocar para vocês, fui desenterrar ao sótão a velha "Máquina de Escrever" (de Leroy Anderson), e, enquanto eles tocavam, um, piano, e o outro máquina de escrever, decidi passar a limpo alguns ditos de espírito de vários compositores, (e entre parentesis os meus comentários a cada um). Não se escandalizem... nomeadamente com o último!


O PianoCat

* * *


Alessandro Marcello usava o pseudónimo arcádico de "Eterio Stinfalico".

(Se alguém descobrir o que significa Stinfalico, ganha um doce. Eu não consigo.)

Rossini dizia de Wagner – "este rapaz tem momentos inesquecíveis… mas horríveis quartos de hora".

(O relógio de Rossini devia atrasar-se muito...)

Débussy disse de Wagner: “ele foi um belíssimo pôr-do-sol, mas tomaram-no por uma aurora".

(Naturalmente porque esses tais sofriam de jet-lag...)

Richard Strauss disse: “Não sou um compositor de primeira. Mas, de entre os de segunda, decerto eu sou de primeira.”

(Também poderia ser de segunda, entre os de primeira... bastava enganar o revisor do comboio!...)

Richard Strauss classificava o maestro Bruno Walter de “imundo saco de farrapos piolhosos”.

(Neste caso só haveria um remédio: Quitoso Virtuoso. É o que eu uso para os gatinhos virtuais!)

Max Reger disse (ao telefone...), ao ler uma crítica a seu respeito: “Estou sentado na divisão mais pequena de minha casa, que é a casa de banho, com a sua crítica à minha frente. Pois pode acreditar que dentro de segundos ela estará atrás de mim.”

(Mas que grande malandrote!!! Era preciso ter... lat(r)ina...)
* * *


(As citações sobre os compositores foram respigadas de programas radiofónicos do grande divulgador da música clássica, António Cartaxo.



A Máquina de Escrever

Leroy Anderson (E.U.A.)

9 comentários:

Jorge P.G Sineiro disse...

Muito interessantes e originais estes ditos, pelo menos para mim que não os li na altura.

O último comentário é de lat(a)rina, sim senhor.
Já tenho resposta para o M.S.Tavares, esse poio amestrado!

Um abraço.
Jorge P.G.

pin gente disse...

sabia que os pc's têm ratos ... não sabia era que as máquinas de escrever têm gatos!

está sempre a aprender-se.

bej
luísa

pin gente disse...

ah! roeste-me o meu comentário?

de castigo só volto amanhã para o refazer...

beijo

pin gente disse...

ai agora também optaste pela aprovação! então retiro o que disse... nada foi ratado (a ver vamos!)

Aspásia disse...

*JORGE SINEIRO

ESTAS "REVISÕES DA NATÉRIA DADA" APANHAM SEMPRE NOVOS ALUNOS, ALÉM DOS EVENTUAIS REPETENTES!

ABRAÇO

*PIN

ESSA ESTÁ MUITO BEM "APANHADA"!

DE FACTO, O RATO DO PC MAIS NÃO É QUE UMA "MINIATURIZAÇÃO" DO BEM CONHECIDO "GATO DE MÁQUINA DE ESCREVER"!!!

EHEHEH...

BEIJOKAS

Jorge P.G Sineiro disse...

ASPÁSIA,UM ABRAÇO!

Jorge.P.G.

gasolina disse...

ASPÁSIA,

FORMOSA SENHORA CONTINUAIS EM ALTA!
E DA BICHARADA, SEJAM GATOS OU RATOS, VENHAM ELES.
QUANTO À MAROTEIRA ESTÁ BEM APANHADA, SIM SENHORA!
SEI DE VÁRIAS SITUAÇÕES ONDE A POSSO ENCAIXAR NA PERFEIÇÃO!

UM BEIJO JARDINEIRA!

Jorge P.G Sineiro disse...

Deixo hoje desejos de uma boa semana, Aspásia.

Um abraço.

Sophiamar disse...

Querida Amiga

Perdoa esta ingrata. Ando por a� no lar�u e nem passo a deixar-te uma palavrita. E tu mereces tantas! Olha os gatitos dedicaram-te uma sinfonia e eu deixo-te outra, de sorrisos, beijinhos e abra�os. Gostei das frases respigadas. A �ltima n�o me chocou nada. Quantos escritos n�o deveriam ter esse fim! Coitado do " tutu"!

Beijinhossss